Inovação e Tecnologia

Eye Tracking e Realidade Virtual: entenda como essas tecnologias se relacionam

18/12/2017 • por meuSucesso .com

Um dos grandes benefícios que a Realidade Virtual pode trazer ao mundo dos negócios é a possibilidade de aperfeiçoar o que chamamos de eye tracking

Atualmente, muito se fala sobre a Realidade Virtual, que nos últimos anos ganhou destaque e virou notícia de diversos meios de comunicação com uma infinidade de equipamentos e dispositivos começando a serem vendidos. Essa tecnologia se baseia em displays estereoscópicos como óculos e headsets que têm a capacidade de enganar a sensação e os sentidos de um usuário, por meio da criação de ambiente virtual ou aparte da realidade.

Uma dessas tecnologias relacionadas à realidade virtual é o eye tracking que foi discutido e abordado no quarto episódio da série Trends, que tem o objetivo de analisar as maiores tendências no universo tecnológico.

Eye tacking e a Realidade Virtual

Um dos grandes benefícios que a Realidade Virtual pode trazer ao mundo dos negócios é a possibilidade de aperfeiçoar o que chamamos de eye tracking. É uma técnica ligada ao rastreamento ocular, que consegue acompanhar e saber a localização dos olhos do usuário, sendo possível medir a posição e o movimento ocular. Nos últimos anos, as empresas vêm investindo no eye tracking com a intenção de entender melhor o comportamento do consumidor.

Os benefícios podem ser inúmeros para o mercado, além disso, será importante também para a indústria farmacêutica podendo ser utilizada por meio de óculos de Realidade Virtual para captar problemas oculares.

Quando você combina eye tracking com a experiência do usuário, você terá muito mais informação do que hoje conseguimos captar. Esses dados se bem analisados podem gerar diversos insights para o negócio. Muitos especialistas de UI (User Interface - Design de Interface do Usuário) e UX (User Experience – Experiência do Usuário) estão interessados na tecnologia de eye tracking, justamente para aprender com isso e inserir em seus produtos, sites e serviços novos mecanismos baseados na análise e nos resultados obtidos por meio do eye tracking.

Diferença entre realidade aumentada

É importante que você, como empreendedor, entenda a diferença entre esses dois tipos. A Realidade Aumentada é como se fosse uma ponte entre o mundo físico e o digital, acrescentando elementos ao redor. Normalmente, utiliza-se de elementos tridimensionais. É o 3D que entra em ação ao nosso redor por meio de imagens, pontos geográficos ou objetos que irão se tornar gatilhos que trarão um aspecto lúdico à experiência.

Já a Realidade Virtual é responsável por criar um ambiente completamente novo, interativo e reativo, onde o usuário estará dentro da interface e poderá simular ações e movimentos nessa nova realidade.

Curiosidades sobre o crescimento da Realidade Virtual

De acordo com os dados da consultoria IDC, as receitas mundiais em torno da Realidade Virtual e Aumentada irão crescer a um índice maior que 100% ao ano até 2021. Já os gatos totais com serviços e produtos do setor devem chegar a US$ 215 bilhões nos próximos quatro anos. A projeção é de que nos Estados Unidos, o segmento de consumo seja ultrapassado pelo governo, construção e serviços. 

Comentários