Ilustração sobre o Guia de Tendências do Mercado Digital
Marketing

4 estratégias digitais imprescindíveis para pequenos negócios

2/06/2017 • por meuSucesso .com

Para qualquer negócio, estar no mundo digital não é mais uma opção. Saiba como se inserir nas redes e conquistar mais clientes

A internet não é um ambiente apenas para negócios de matriz digital. Padarias, mercados, oficinas e outros negócios essencialmente off-line podem -- e devem -- fazer bom uso das ferramentas disponíveis, tanto pelo baixo custo quanto pelo potencial de atrair clientes. A web tranformou, de maneira irreversível, os hábitos de consumo.
 
No eBook Guia de Tendências de Marketing Digital: como se adaptar às novas tecnologias, o Meu Sucesso apresenta quatro estratégias digitais que podem ajudar qualquer empresário a extrair o máximo da internet.
 

1. SMS

 
Há mais aparelhos celulares do que pessoas no território brasileiro. E cada um é equipado para enviar e receber SMS. Mesmo com tecnologias mais sofisticadas de comunicação, como WhatsaApp e Facebook Messenger, o sistema de envios de mensagens desempenha um papel importante no Mobile Marketing.
 
Outra vantagem é que o SMS não requer plano de dados para funcionar, o que o torna a ferramenta ideal de comunicação junto a clientes que vivem em áreas onde o sinal é fraco ou inexistente. Por fim, é fácil segmentar clientes por gênero, idade, operadora, tipo de conexão, plano, CEP da conta e geolocalização.
 
No entanto, é necessário ter cautela. Enviar mensagens para um grande volume de pessoas a partir dos números pessoais é uma prática ilegal. O ideal é usar SMS como ferramenta de apoio -- por exemplo, para lembrar de uma consulta marcada ou de um produto que o cliente estava à procura e se encontra disponível no estoque.
 

2. Mobile site

 
No início da web, sites eram apenas páginas com textos, às vezes alguma mídia e nenhuma interatividade. Atualemnte, com o desenvolvimento das ciências que estudam interface e usabilidade, como Arquitetura da Informação, Design e tecnologias web, as páginas estão cada vez mais sofisticadas. E isso não inclui apenas a responsividade das páginas -- adaptação a qualquer tamanho de tela.
 
Um site mobile não é apenas uma versão pequena do site convencional, mas uma feramenta focada na experiência do cliente -- essa experiência é diferente quando um mesmo cliente sai do computador e usa o smartphone. Instrumentos como funcionalidade multitouch, geolocalização, acesso à câmera, interação com o telefone e com outros aplicativos são diferenciais.
 

3. Aplicativo

 
Aplicativos -- ou apps -- são programas feitos para rodar em celulares ou tablets. Têm como característica principal o foco em poucas funcionalidades, já que o usuário de celular tem um propósito específico ao acessar um aplicativo (pedir comida, fazer uma transferência, anotar uma memória).
 
A diferença entre o aplicativo e o site móvel é que o primeiro serve como ferramenta, enquanto o mobile site é uma demarcação de território na web. Suas funcionalidades são distintas. Se a empresa tem o que entregar ao cliente em termos de ferramenta, o uso de apps é fundamental. Caso contrário, o site mobile já abrange todas as necessidades.
 
Por exemplo, um supermercado de bairro pode ter uma página na web com informações corporativas, promoções, dentre outras. Se a ideia for criar uma plataforma para que o cliente faça compras e receba a feira em casa, o uso de aplicativo pode ser mais eficaz do que o site.
 

4. SEO

 
Assim como no mundo palpável, no ambiente virtual o posicionamento é tudo. E esse posicionamento, ao contrário dos pontos comerciais, muda ao sabor dos algoritmos. Por isso é necessário que as páginas sejam otimizadas para entrarem no radar dos mecanismos de busca -- como o famoso Google.
 
Essa ferramenta é utilizada por praticamente todas as pessoas conectadas à internet. Além da alta penetração de mercado, os mecanismos de busca fazem uma entrega melhor do que outros meios, como redes sociais; ou seja, o usuário encontra precisamente o que procura. Além disso, a busca não é um ponto isolado: de acordo com uma pesquisa da Pew Research, 71% dos consumidores fazem pesquisas na web após serem impactados por um anúncio de TV.
 
Conseguir um bom posicionamento envolve diversos fatores, como qualidade da página, tratamento do conteúdo, adequação às normas dos mecanismos, dentre outros.

Comentários